Tags

Amigos.

Demorei um pouco, depois do último post, mas estou pronto para abordar uma fera da literatura fantástica.  Neil Gaiman.

O britânico, nascido em Hampshire, que foi rejeitado – por diversas vezes – pelas editoras, buscou caminhos alternativos para se lançar.  Escreveu crítica literária, biografias e chegou aos quadrinhos – Violent Cases, Signal to Noise, a minissérie Black Orchid (Orquídea Negra), mas seu grande sucesso nos HQ’s foi Sandman, que se tornou (e ainda é) uma sensação cultural.

A série começou em 1988 e terminou em 1996 (as 75 edições foram transformadas em 10 volumes da história).

Este era o grande momento. Em 2001 lançou o romance American Gods (Deuses Americanos).  Nele, Gailman mistura várias vertentes de mitologia antiga e moderna – colocando estes deuses e entes em confronto mortal.  Em minha opinião, este é o melhor trabalho de Neil, onde mescla a mitologia e algumas peculiaridades do povo americano – obsessão por dinheiro e poder, além da grande miscigenação religiosa.

Depois Neil escreveu várias obras até “The Ocean at the End of the Lane” (O Oceano no Fim  do Caminho) – que já está encomendada para ser “devorada”.

Gailman mescla nossa herança religiosa com os conceitos da civilização atual – vale a pena lê-lo.

http://www.neilgaiman.com/

http://pt.wikipedia.org/wiki/Neil_Gaimanamerican_gods_1sandman-594x333

Abraços a todos, e até o próximo post.

Anúncios